quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

SOBE O SOM: MEUS SAMBAS




Como eu brinquei semana passada o “Sobe o som” dessa semana seria um tributo ao narcisismo ou lembrando um enredo da Portela “Tributo a vaidade”, afinal, estou falando dos meus sambas. Mas sejamos justos, se “dei moral” pra tantos artistas aqui por quê não aos sambas que compus?

Eu e inúmeros parceiros que ao longo desses dezesseis anos como compositor de sambas de enredo passaram e marcaram minha vida e fazem com que eu dedique essa coluna de hoje a esses parceiros.

Dezesseis anos como compositor, noventa e sete sambas, sessenta e uma finais, trinta e duas vitórias, um estandarte de ouro, um s@mbanet, um troféu Jorge Lafond. Então vamos lá.


Sobe o som “Meus sambas”!!




Boi da Ilha 2002


Boi da Ilha 2009


Boi da Ilha 2013 


Boi da Ilha 2014


Acadêmicos do Dendê  2007


Acadêmicos do Dendê  2008


Acadêmicos do Dendê  2012


Unidos da Ponte 2007


Boi da Ilha 2008 (concorrente)


União da Ilha 2013 (concorrente)       

  
Portela 2014 (concorrente)


União da Ilha 2012 (versão de disputa)


União da Ilha 2012 (versão final)


Bem. Aí estão alguns dos sambas que ajudei a compor. Não estão todos que eu queria mostrar, mas estão alguns especiais e marcantes pra mim. Semana que vem entraremos no clima de Natal.


Enquanto isso a nossa força vem da humildade.


ARQUIVO:

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário