quinta-feira, 14 de novembro de 2013

O CLUBE DOS 23: CRUZEIRO




Essa semana “o clube dos 23” vai a Minas Gerais falar da parte azul do estado, do virtual campeão brasileiro de 2013. Vamos falar do Cruzeiro.

Cruzeiro Esporte Clube é uma associação polidesportiva brasileira, com sede em Belo Horizonte, no estado de Minas Gerais. Fundado em 1921 com o nome de Sociedade Esportiva Palestra Itália, foi rebatizado para seu nome atual em 1942 - em referência ao Cruzeiro do Sul - por imposição do governo federal à época proibiu o uso no país de quaisquer símbolos de Alemanha, Itália e Japão, nações inimigas do Brasil no contexto da Segunda Guerra Mundial

O Cruzeiro Esporte Clube tem oficialmente a maior torcida de Minas Gerais e a 4ª maior da região sudeste. Em Minas Gerais, o clube rivaliza com o Clube Atlético Mineiro e no Brasil com outros gigantes, especialmente os grandes times gaúchos, cariocas e paulistas e possui um retrospecto de confrontos titânicos com seus rivais.

Reconhecido como um dos maiores clubes do futebol brasileiro e internacional, o Cruzeiro foi duas vezes vice-campeão mundial e tem no seu currículo continental dois títulos da Copa Libertadores da América, dois da Supercopa da Libertadores, um da Recopa Sul-Americana, um da Copa Ouro e um da Copa Master da Supercopa

No âmbito nacional, o time celeste detém duas conquistas no Campeonato Brasileiro (uma delas como Taça Brasil) e quatro da Copa do Brasil, além de ter sido em escala estadual 36 vezes campeão mineiro e as Copas Sul-Minas e Centro-Oeste em âmbito regional. Foi a primeira e única equipe brasileira a conquistar a tríplice coroa nacional, tendo vencido um campeonato estadual, uma Copa do Brasil e um Campeonato Brasileiro na temporada de 2003. Em um ranking entre clubes da América do Sul, a IFFHS elegeu o Cruzeiro como o melhor clube brasileiro do século XX

É o clube mais popular de Minas Gerais e o sexto do Brasil. Seu maior rival é o Atlético Mineiro, com quem faz um dos maiores clássicos do futebol brasileiro. Em menor grau, há também rivalidade com o América. De acordo com a empresa BDO RCS Auditores Independentes, a marca do clube é a décima de maior valor no Brasil, aproximadamente 203 milhões de reais.

Em outros esportes, o Cruzeiro se destaca também no atletismo, tendo em sua equipe o corredor Franck Caldeira, entre outros grandes nomes da modalidade nacional. Em 2009 firmou parceria com a Associação Social e Esportiva Sada para formar uma equipe masculina de vôlei que tem sido uma das mais importantes do país, tendo já conquistado uma Superliga Nacional, um Sul-americano, três Estaduais e mundial recentemente.

O Cruzeiro foi fundado no dia 2 de janeiro de 1921, por desportistas da colônia italiana de Belo Horizonte, com o nome de Societá Sportiva Palestra Itália. As cores adotadas, como não poderia deixar de ser, foram as mesmas da bandeira italiana: verde, vermelho e branco

Na verdade a escolha do uniforme foi feita de acordo com as refinadas ideias do designer Arthur Lemmes, na própria capital mineira. Em 1922, o clube compra um terreno pertencente à prefeitura, onde hoje fica o Parque Esportivo do Cruzeiro. Em 23 de setembro de 1923, inaugura seu estádio, no Barro Preto, construído por jogadores e associados a maioria da colônia italiana de Belo Horizonte, composta em grande parte por operários de construção civil.

Além de se caracterizar como uma equipe de descendentes de italianos, o Palestra também destacava-se por possuir elementos da classe trabalhadora da cidade. No corpo social do Palestra, prevaleciam homens da profissão de pedreiros, policiais, pintores, comerciários e marceneiros, que eram os filhos dos imigrantes que vieram construir a capital do estado de Minas Gerais, Belo Horizonte, em 1894, e que herdaram de seus pais a mesma profissão.

O primeiro uniforme do clube foi composto por camisa verde, calção branco e meias vermelhas. O clube foi restrito apenas a participação de elementos da colônia até o ano de 1925, quando é retirada do estatuto do clube uma cláusula que impedia a inscrição de atletas e associados que não fossem de origem italiana. Isso abre as portas para colaboradores de qualquer origem.

Há uma confusão no que diz respeito a um clube existente na capital chamado Yale. Muitos imaginam que este deu origem ao Palestra e posteriormente ao Cruzeiro. O Yale também era um clube fundado por descendentes de italianos, que surgiu anos antes do Palestra. Mas, após uma crise, e com o crescimento do outro clube de imigrantes em Belo Horizonte, grande parte dos associados e jogadores do Yale migraram para o Palestra. O Yale foi dissolvido em 1925. Foram registrados até hoje apenas quatro jogos entre os clubes, são eles: Palestra 0 x 1 Yale (17 de Julho de 1921), Palestra 0 x 0 Yale (6 de Novembro de 1922), Palestra 0 x 0 Yale (7 de Maio de 1922) e Palestra 3 x 2 Yale (5 de Agosto de 1923). Todos os jogos válidos pelo Campeonato da Cidade.

A primeira conquista significativa oficial e reconhecida do Palestra é o tricampeonato mineiro entre 1928 e 1930, sendo os dois últimos de forma invicta. O crescimento do time na cidade força as outras grandes equipes da época a se organizarem e em 1933 criam a primeira liga profissional do estado, a Associação Mineira de Esportes.

Finalmente, em 1925, prevaleceu a vontade da maioria dos associados do clube que gostariam de ver o Palestra como um grande clube, com a extinção da cláusula dos estatutos que impedia a participação de atletas de outras nacionalidades. Outra modificação feita foi o aportuguesamento do nome do clube que passou a se chamar Sociedade Sportiva Palestra Italia. O primeiro jogador de outra nacionalidade que o clube recebeu foi Nereu, que era da colônia sírio-libanesa e jogava no Sírio Horizontino.

Em 1936, alguns dirigentes e ex-atletas lideraram um movimento de nacionalização do Palestra que levou o nome de Ala Renovadora. A intenção do grupo era mudar o nome do clube que já havia deixado de ser uma associação exclusiva da colônia italiana e por isso não havia mais sentido em se usar o nome Itália. A ideia sofreu resistências, mas acabou ganhando aliados.

Em 30 de janeiro de 1942, em plena Segunda Guerra Mundial, o Presidente Getúlio Vargas, que já havia declarado guerra aos países do Eixo (Itália, Alemanha e Japão), através de um Decreto-Lei, determinou a proibição do uso de termos e denominações referentes as nações inimigas. A primeira partida após a publicação do Decreto-Lei era contra o Atlético-MG o dia 1 de fevereiro de 1942. O time entrou em campo com uma camisa azul e três listras brancas horizontais, sem escudo e sem nome. Somente em 4 de fevereiro de 1942 a diretoria adotou o nome provisório de Palestra Mineiro, em substituição à Societá Sportiva Palestra Itália, conforme determinação presidencial.

A necessidade de se transformar o clube numa entidade totalmente brasileira, e após a publicação de outro Decreto-Lei em 31 de agosto de 1942, foi concretizada em 2 de outubro de 1942, quando, numa reunião da diretoria, foi aprovada uma nova mudança no nome do clube para Ypiranga, em homenagem ao local onde teria sido proclamada a Independência do Brasil.

No dia 7 de outubro de 1942, numa nova assembleia, que acabou com a renúncia do presidente Ennes Cyro Pony, foi aprovado o nome do clube que permanece até hoje: Cruzeiro Esporte Clube, uma homenagem ao símbolo maior da pátria, a constelação do Cruzeiro do Sul, e que foi sugerida pelo ex-presidente do clube Oswaldo Pinto Coelho. O time ainda utilizaria o nome Palestra durante todo o final de 1942, pois a burocracia da Federação de Futebol só aprovou os novos estatutos no início de 1943.


Fotos:

Palestra Itália


Time campeão de 1966


Mineirão



Tostão


Dirceu Lopes




 Joãozinho


Natal


Alex


Zé Carlos


Piazza


Raul


Nelinho


Dida


Sorín


Vídeos:

Taça Brasil 1966


Copa do Brasil 1996


Copa do Brasil 2003


Brasileiro 2003


Supercopa 1991


Libertadores 1976


Libertadores 1997


Brasileiro 2013 



Bem. Aí está um pouco da história do glorioso Cruzeiro que pode nessa quarta 13/11/2013 se sagrar tricampeão brasileiro.


Semana que vem voltamos ao Rio Grande do Sul. Vamos falar do Grêmio.



*Parabéns Cruzeiro, campeão brasileiro de 2013 

O CLUBE DOS 23 (CLUBE ANTERIOR)

INTERNACIONAL

Um comentário: