sexta-feira, 18 de outubro de 2013

O CLUBE DOS 23: CRICIÚMA




O “Clube dos 23”, excepcionalmente nessa sexta, traz essa semana o representante de Santa Catarina na primeira divisão do campeonato brasileiro. O Criciúma.

Criciúma Esporte Clube (cujo acrônimo é CEC) é um clube brasileiro de futebol sediado na cidade de Criciúma, no estado de Santa Catarina. Fundado em 1947, com o nome de Comerciário Esporte Clube, é uma das agremiações mais vitoriosas do futebol catarinense. Atualmente, disputa a Série A do Campeonato Brasileiro.

A nível nacional, o Criciúma foi o primeiro e único clube de Santa Catarina a conquistar a Copa do Brasil, em 1991. Também tem no currículo títulos do Campeonato Brasileiro da Série B de 2002 e da Campeonato Brasileiro da Série C de 2006. Já pelo campeonato estadual, o clube soma 10 conquistas. 

Foi ainda o primeiro e único clube catarinense a participar de uma Copa Libertadores da América, em 1992, alcançando a fase de quartas-de-final. 

Seu maior rival é o Joinville, com quem protagoniza o Clássico do Interior (ou Clássico Norte-Sul), uma rivalidade regional que se acirrou a partir da década de 1970.

Suas cores oficiais, presentes no escudo e bandeira do clube, são o amarelo, preto e branco. Manda suas partidas no Estádio Heriberto Hülse, que possui capacidade para 19.300 mil espectadores.

O CEC Comerciário Esporte Clube foi fundado em 13 de maio de 1947, na Praça Nereu Ramos, por um grupo de rapazes, na maioria com 18 anos, moradores do centro da cidade de Criciúma. Esta foi a primeira vez que o centro possuía um time de futebol. 

No dia 15 de maio, do mesmo ano, aconteceu a primeira partida do recém fundado clube. O adversário foi o já tradicional São Paulo Futebol Clube, da Vila Operária. O jogo aconteceu no estádio do Ouro Preto e a jovem equipe foi derrotada por 4 a 0.

A primeira bola do time foi comprada por 17 contos e 500 réis e o primeiro terno, listrado de azul e branco, adquirido após uma coleta no comércio. No dia 8 de junho, as duas equipes voltaram a se defrontar no mesmo local. O time do São Paulo Futebol Clube voltou a aplicar outra goleada, 4 a 1, sendo que o zagueiro Carlitos foi o autor do primeiro gol do time do centro.

A primeira vitória só aconteceu na terceira partida, também diante do São Paulo Futebol Clube, o Comerciário venceu pelo placar foi 3 a 2. A primeira viagem foi para Siderópolis, onde o time enfrentou o Grêmio Esportivo Macedo Soares, onde a equipe de Criciúma Esporte Clube empatou com os donos da casa.

O primeiro título do Comerciário foi conquistado em Siderópolis, em 8 de fevereiro de 1948. O time era considerado a zebra do torneio, por ser o caçula da região. Em 1949 aconteceu a primeira grande vitória do time do centro, a equipe azul e branca derrotou o Atlético Operário em duas oportunidades, por 3 a 1 e 6 a 1, conquistando assim o seu primeiro título da LARM (Liga Atlética da Região Mineira). O esquadrão campeão era formado por: Mário; Colombi, Vante, Muricy e Zoile; Ary, Carlitos e Eraldo; Detefon, Aníbal e Bigode.

Em 49, repetindo a mesma base, tornou-se novamente campeão derrotando de novo o Atlético Operário. O tricampeonato foi conseguido em 1951. Com uma campanha invejável, o Comerciário venceu 20 partidas das 28 disputadas, empatou 4 e perdeu 4. Em 1955 o clube inaugurava o Estádio Heriberto Hülse. Apesar de ter perdido para o Imbituba Esporte Clube por 1 a 0 na inauguração a vinda do estádio deu novo ânimo ao time, que em 1957 e 1958 voltaria a ser campeão da LARM.

Passou por crise que lhe afastou por sete anos do futebol nos anos 70 e voltou em 1977. Em 1978 mudou seu nome para Criciúma.

Fotos:

Heriberto Hulse


Time de 1991


Felipão



Alexandre Lopes 



 Paulo Baier





 Sarandí


Roberto Cavalo


Paulinho Criciúma


Jairo Lenzi


Vídeos:

Campeão catarinense 1991


Campeão catarinense 1995


Campeão catarinense 2005


Campeão catarinense 2013 


Campeão da série B 2002


Campeão da série C 2006


Campeão da Copa do Brasil 1991


Bem..Está aí um pouco da história do Criciúma que tenta permanecer na série A para 2014.


Semana que vem continuamos no Sul. Vamos falar do Coritiba. 


O CLUBE DOS 23:

NÁUTICO

VITÓRIA 

BAHIA

GOIÁS


Nenhum comentário:

Postar um comentário