segunda-feira, 28 de outubro de 2013

DIEGO COSTA





E de uma hora pra outra Diego Costa virou Edson Arantes do Nascimento. Não sabe quem é Diego Costa? Eu te explico. Diego Costa é um jogador que ninguém conhecia até um tempo atrás, fez uns golzinhos pelo Atlético de Madri e se tornou a mistura de Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar sendo disputado pelas seleções brasileira e espanhola. Simplesmente a atual campeã do mundo e a maior vencedora da história.

Que coisa não? Mas por quê o dito jogador virou notícia?

Como eu disse o cara fez uns golzinhos na Espanha, é o atual artilheiro do campeonato espanhol e isso aguçou a federação espanhola de futebol. A dupla cidadania do jogador está para sair e a Espanha quer o jogador em seu ataque na Copa.

A Espanha sempre fez isso. Dois dos maiores exemplos são o argentino Di Stéfano e o húngaro Puskas. Puskas já jogara em 1954 a copa do mundo pela Hungria quando jogou pela Espanha em 1962.

O Brasil mesmo teve o caso de Mazola que jogou pelo país e foi campeão do mundo em 1958 e pela Itália em 1962.

Mas na dita “era profissional” é uma situação inusitada. Os brasileiros Deco, Rui Ramos e Thiago Motta, entre muitos outros, jogaram pelas seleções portuguesa, japonesa e italiana respectivamente. Mas nenhum dos três jogou por nossa seleção profissional. Aí está a questão.

Diego Costa jogou pela nossa seleção. Jogou dois amistosos no primeiro semestre de 2013 atuando alguns minutos e agora existe essa possibilidade de jogar pela Espanha.

A Espanha mostra o regulamento da FIFA que diz que o único empecilho de um atleta jogar por duas seleções é quando já jogou um torneio oficial pela primeira. Não seria o caso já que Diego jogou amistosos.

A CBF alega que o Brasil, por ser sede da copa do mundo, jogou pouquíssimos jogos oficiais de 2010 pra cá. Os amistosos que o jogador entrou em campo eram Datas Fifa e esses amistosos são usados para estabelecer o ranking da FIFA, primordial para escolher os cabeças de chave da copa.

Então seriam jogos que não podem ser desprezados.

Como resolver esse imbróglio então?

Felipão, essa semana que passou, foi enganado por humoristas espanhóis, uma espécie de Pânico espanhol. Um humorista do grupo se passou pelo presidente do Atlético de Madri e nosso técnico confirmou que iria convocar Diego para dois amistosos em novembro da seleção.


Confirmou depois de forma oficial a convocação de Diego Costa e mais quatro jogadores. A desculpa da convocação antecipada seria para dar tempo dos mesmos arrumarem vistos para entrar no país que os jogos serão feitos, Se não me engano é no Canadá, a verdade é que Felipão e a CBF usaram isso para pressionar o jogador, a federação espanhola e a FIFA dizendo que o quer.

Então? Como se revolve o imbróglio? Vai valer a vontade do jogador e ele quer a Espanha.

Lógico que isso fere a auto estima brasileira. Nos consideramos o país do futebol, o mais talentoso, o mais vencedor e alguém se recusar a vestir a camisa cinco vezes campeã do mundo numa copa jogada em casa é crime de lesa pátria, caso de fuzilamento em praça pública. Por muito menos Tiradentes foi enforcado e esquartejado.

Menos, bem menos. Não é no esporte que uma pessoa pode ser considerada patriota ou não. Vejamos o caso do Nenê Hilário, jogador de basquete. O cara quase sempre recusa convocações para a seleção, não foi na Copa América e o Brasil foi humilhado e espera de forma mais humilhante ainda um convite para o mundial.

Ele pode ser considerado um anti-patriota como diz o Oscar? Não, apesar dessas recusas me incomodarem. Só que o cara, que não joga pela seleção, tem projetos sociais, ajuda crianças carentes do país e na semana do jogo da NBA aqui no país foi dar clínica de basquete em favela. Um cara assim pode ser considerado anti-patriota? 

Oscar que nunca recusou a seleção, mas é aliado de gente como Paulo Maluf é patriota? Não sei. Como esportista prefiro o Oscar, até como pessoa porque não é uma recusa ou não a uma seleção ou uma aliança política ou não que define uma pessoa.

Diego Costa é mau caráter? Odeia o Brasil? Não sei, não conheço o cara. Ele deve estar visando o sonho de jogar uma copa do mundo e vê na Espanha uma possibilidade maior de ir ao mundial que na seleção brasileira e nisso ele está certo. A chance dele ser convocado pela Espanha é maior.

Então não posso julgar o patriotismo de alguém ou caráter por algo esportivo. Posso julgar a pessoa esportivamente e nisso acho que ele está sendo burro.

Porque mesmo que ele tenha  mais chance pela Espanha tem que confiar no seu potencial. Não é o artilheiro do espanhol? Não ta jogando pra cacete? Então que continue assim. Continue metendo gols, se empenhando, aceitando as convocações do Brasil e mostrando nos amistosos que merece.

Nem sempre o caminho mais fácil é o melhor caminho. Ser convocado pela Espanha é mais fácil, ser convocado pelo Brasil e jogar uma copa aqui, podendo ser campeão com o Brasil no Maracanã é algo que transcende qualquer momento esportivo. 

As seleções de 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002 entraram pra história? Sim, mas vocês vão ver o que é história se esses caras ganharem 2014. Se os 23 convocados forem campeões em 2014 serão os atletas mais celebrados de nossa história. Brasileiro é passional pro bem e pro mal. Os de 1950 entraram pelo lado negativo, os de 2014 seriam “Deuses”.

Mais uma vez seria questão de confiar no seu taco. Jogar em 2014 pelo Brasil é não ter medo de virar um Barbosa que morreu sendo o maior criminoso de nossa história. Nem Guilherme de Pádua e Alexandre Nardoni foram tão massacrados. 

Mas pode ganhar a eternidade também.

Apesar de que de qualquer forma Diego Costa será personagem marcante dessa copa. Provavelmente será pela Espanha o jogador mais vaiado da história da humanidade. Torcedor não perdoa.

Agora pra finalizar. Qual minha opinião sobre isso tudo?      

Acho perigoso e pode significar o fim das seleções de futebol como conhecemos hoje. Jogadores de países mais pobres podem ser seduzidos por países com maior poder econômico. A FIFA devia proibir jogadores com dupla cidadania quando o mesmo obtém por razão de futebol.    

Mas deixa esse mané pra lá. Brocador ta dando mole aqui prontinho pra vestir a 9.



 E ele não tem medo de nação.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário