quarta-feira, 30 de outubro de 2013

O CLUBE DOS 23: ATLÉTICO PARANAENSE




Prosseguindo a série “O Clube dos 23” continuo no Paraná. Dessa vez falo do maior rival do Coritiba, o Clube Atlético Paranaense.

Clube Atlético Paranaense é um clube de futebol brasileiro de Curitiba, Estado do Paraná. Foi fundado em 26 de março de 1924 a partir da fusão do Internacional Futebol Clube e do América Futebol Clube . É o primeiro clube paranaense a disputar um campeonato nacional, a chegar na final da Libertadores e atualmente é o 13° colocado no ranking nacional. 

Conhecido como Furacão, foi o Campeão Brasileiro de 2001 e vice-campeão da Copa Libertadores da América de 2005, além de possuir uma Seletiva da Taça Libertadores da América de 1999. No Campeonato Brasileiro de Futebol de 2010 foi o único representante paranaense na Série A conseguindo terminar na 5ª colocação.


Em um levantamento divulgado pela IFFHS (Fundação Internacional de História e Estatística do Futebol, entidade que divulga mensalmente o ranking mundial de clubes reconhecido pela FIFA) em 30 de novembro de 2010. O Atlético Paranaense foi elencado como o 9º maior clube de futebol do Brasil no Século XXI e o 74º do mundo, ficando à frente de clubes como Manchester City, Arsenal e Athletic Bilbao, da Espanha, Juventus da Itália, e de brasileiros como Vasco da Gama, Atlético Mineiro e Botafogo.

De acordo com a empresa BDO RCS Auditores Independentes a marca do clube é a décima quarta de maior valor no Brasil, ultrapassando os 89 milhões de reais.

A primeira partida de futebol (amistosa) que a nova agremiação realizou foi no dia 6 de abril de 1924, contra o Universal FC. e obteve vitória por 4x2. O Atlético jogou com Tapyr, Marrecão e Ferrário; Franico, Lourival e Malello; Smythe, Ari, Marreco, Maneco e Motta.

Os gols foram marcados por Marreco, Ari (2) e Malello. O árbitro foi José Falcine, atleta do Savoia, que mais tarde jogou no rubro-negro.

Com a união de forças, o Clube Atlético Paranaense ficou uma equipe reforçada e pôde fazer frente aos mais temíveis esquadrões existentes como o Britânia, o Savoia, o Palestra Itália e o Coritiba. Realizando uma campanha brilhante o Atlético conquistava seu primeiro título de campeão paranaense em 1925.

Após ser vice-campeão por 3 anos seguidos (1926, 1927 e 1928), o Atlético Paranaense voltou a vestir a faixa de campeão em 1929.

O Atlético era a melhor equipe do futebol paranaense no início dos anos de 1930. Mantendo os mesmos jogadores que haviam se sagrado campeões em 1929 e os reforços de Chumbinho e Érico, o Atlético tornou-se uma equipe que se impôs aos adversários. Em 1930, ganhou o título de bicampeão paranaense (primeira vez na história do clube) com duas vitórias sobre o Coritiba por 3x2 durante o campeonato.

A partida que consagrou o bicampeonato foi na segunda vitória sobre o Coritiba, em 28 de dezembro de 1930, em uma verdadeira guerra campal com o resultado de 3x2 para o rubro negro (gols de Zinder Lins, Marreco e Levoratto). A última partida do certame de 1930 o Atlético não compareceu, para comemorar com a sua torcida. Este jogo era para ser com o Palestra Itália.

Outro feito notável nesse ano, aconteceu no dia 21 de julho, quando em partida amistosa venceu o poderoso Corinthians por 1x0, gol de Marreco, uma grande conquista para o Atlético.

Em 1934, o Atlético Paranaense já era proprietário, em definitivo, do terreno da Baixada da Água Verde e o estádio passou a ser denominado de Joaquim Américo Guimarães, sugestão de Alcídio Abreu, para homenagear o grande desportista que havia morrido em 1917.

Nesse ano, após tropeçar em 1931, 1932 e 1933, o rubro-negro voltou a ter uma equipe competitiva e fez bonito. Sagrou-se campeão paranaense de 1934. Na equipe campeã desse ano figurava como goleiro, o jovem Alfredo Gottardi, o "Caju", que viria a ser o maior ídolo de todos os tempos da torcida atleticana.

Em 1936, com apenas 12 anos de existência, o Atlético Paranaense conquistava seu quinto título paranaense e dessa vez de forma invicta.

Fotos:

Time campeão paranaense de 1982


Arena da Baixada


Alex Mineiro


Assis


Bellini


Caju


Djalma Santos


Geninho


Kléberson


Paulo Rink


Paulo Baier 


Sicupira


Washington 


Vídeos:

Campeão paranaense 1990


Campeão paranaense 2000


Campeão paranaense 2001


Campeão paranaense 2005


Campeão paranaense 2009



Campeão brasileiro 2001


Aí está um pouco da história do Atlético Paranaense que briga pelo título da Copa do Brasil e está no G4 do brasileirão.


Semana que vem continuo na região Sul. Vou para o Rio Grande falar do Internacional. 



O CLUBE DOS 23 (Clube anterior)


Nenhum comentário:

Postar um comentário