quinta-feira, 15 de setembro de 2016

SOBE O SOM: ALCIONE E BETH CARVALHO


Alcione Dias Nazareth (São Luís, 21 de novembro de 1947) é uma cantora, instrumentista e compositora brasileira.

O nome de batismo foi ideia do pai, inspirado na personagem Alcíone, a protagonista do romance espírita Renúncia, psicografado por Chico Xavier. Ela é quarta dos nove irmãos: Wilson, João Carlos, Ubiratan, Alcione, Ribamar, Jofel, Ivone, Maria Helena e Solange. Alcione tem mais nove meio-irmãos que seu pai teve com outras mulheres. Sua mãe chegou a amamentar algumas dessas crianças, por considerar que as crianças não poderiam ser culpadas pelas traições do marido.

Desde pequena, graças ao pai policial e integrante da banda de sua corporação, João Carlos Dias Nazareth, inserida no meio musical maranhense, Alcione fez sua primeira apresentação já aos doze anos. O pai foi mestre da banda da Polícia Militar do Maranhão e professor de música. Além disso, foi compositor e entusiasta do bumba-meu-boi, folguedo típico da capital maranhense. Foi ele quem lhe ensinou, ainda cedo, a tocar diversos instrumentos de sopro, como o trompete e clarinete que começou a praticar aos nove anos.

Elizabeth Santos Leal de Carvalho, mais conhecida como Beth Carvalho (Rio de Janeiro, 5 de maio de 1946), é uma cantora e compositora brasileira de samba.

Desde que começou a fazer sucesso, na década de 1970, Beth se tornou uma das maiores intérpretes do gênero, ajudando a revelar nomes como Luiz Carlos da Vila, Jorge Aragão, Zeca Pagodinho, Almir Guineto, o grupo Fundo de Quintal e Arlindo Cruz, e Bezerra da Silva.

Beth é filha de João Francisco Leal de Carvalho e Maria Nair Santos Leal de Carvalho. Tem uma única irmã, chamada Vânia Santos Leal de Carvalho. Decidiu seguir a carreira artística após ganhar um violão da mãe. Aos oito anos, ouvia emocionada as canções de Sílvio Caldas, Elizeth Cardoso e Aracy de Almeida, grandes amigos de seu pai, que era advogado. Sua avó, Ressú, tocava bandolim e violão. Sua mãe tocava piano clássico. Sua irmã Vânia cantava e gravou discos de samba. Beth fez balé por toda infância e na adolescência estudou violão, numa escola de música. Seguindo essa área, se tornou professora de música e passou a dar aulas em escolas locais.

Então vamos lá!!


Sobe o som Alcione & Beth Carvalho!!


Não deixe o samba morrer (Alcione)


A loba (Alcione)


Você me vira a cabeça (Alcione)


Meu ébano (Alcione)


Meu vício é você (Alcione)


O que eu faço amanhã (Alcione)


Nem morta (Alcione)


Garoto maroto (Alcione)


Ou ela ou eu (Alcione)


Sufoco (Alcione)


Rio Antigo (Alcione)


Vou festejar (Beth Carvalho) - Com bateria da Mangueira


Sonhando em sou feliz (Beth Carvalho)


Camarão que dorme a onda leva (Beth Carvalho)


Meu guri (Beth Carvalho)


Coisinha do pai  (Beth Carvalho)


Folhas secas (Beth Carvalho)


1800 colinas (Beth Carvalho)


O mundo é um moinho (Beth Carvalho)


O show tem que continuar (Beth Carvalho)


Acreditar (Beth Carvalho)


As rosas não falam (Beth Carvalho)


Bem. Aí está um pouco dessas duas grandes estrelas do samba e da nossa música. Semana que vem tem mais estrelas. Tem os três tenores.


Enquanto isso um pouco de minha estranha loucura.



Porque por onde for quero ser seu par...


SOBE O SOM ANTERIOR:

OS JUSTIN

Nenhum comentário:

Postar um comentário