quarta-feira, 25 de maio de 2016

CINEBLOG: SEM DESTINO


Cineblog fala hoje de um filme cultuado feito nos anos 60.

Cineblog orgulhosamente apresenta:


Sem destino



Easy Rider (br: Sem Destino / pt: Easy Rider) é um road movie americano de 1969, escrito por Peter Fonda, Dennis Hopper e Terry Southern, produzido por Fonda e dirigido por Hopper.

Conta a história de dois motociclistas que viajam através do sul e sudoeste do Estados Unidos, com o objectivo de alcançar a liberdade pessoal. O sucesso de Easy Rider ajudou a avivar a fase New Hollywood do cinema norte-americano durante a década de 1960.

Um marco na filmografia de contracultura, e a "pedra-de-toque" de uma geração" que "capturou a imaginação nacional", Easy Rider explora as paisagens sociais, assuntos e tensões na América da década de 1960, tal como a ascensão e queda do movimento hippie, o uso de drogas e estilo de vida comunal.


Sinopse


Os protagonistas são dois motociclistas, Wyatt (Fonda) e Billy (Hopper). Fonda e Hopper disseram que os nomes referem-se a Wyatt Earp e Billy the Kid. Wyatt veste-se de cabedal adornado com a bandeira americana, enquanto Billy se veste com calças e camisa ao estilo dos nativos americanos.

Depois de contrabandearem drogas do México para Los Angeles, Wyat e Billy vendem a mercadoria para um homem (protagonizado por Phil Spector) em um Rolls-Royce. Com o dinheiro da venda armazenado em mangueiras dentro dos tanques de gasolina, eles vão rumo ao leste do país na tentativa de chegar em Nova Orleans, na Luisiana, em tempo para o Mardi Gras.


Elenco



Dennis Hopper .... Billy
Peter Fonda .... Wyatt
Jack Nicholson .... George Hanson
Karen Black .... Karen
Phil Spector... The Connection
Toni Basil .... Mary


Trilha sonora



1. The Pusher - Steppenwolf
2. Born To Be Wild - Steppenwolf
3. I Wasn't Born To Follow - The Byrds
4. The Weight - The Band.
5. If You Want To Be A Bird - The Holy Modal Rounders.
6. Don't Bogart Me - Fraternity of Man.
7. If Six Was Nine - The Jimi Hendrix Experience.
8. Let's Turkey Trot - Little Eva.
9. Kyrie Eleison - The Electric Prunes.
10. Flash, Bam, Pow - The Electric Flag.
11. It's Alright Ma (I'm Only Bleeding) - Roger McGuinn.
12. Ballad Of Easy Rider - Roger McGuinn.


Principais prêmios e indicações



Oscar 1970 (EUA)

Indicado nas categorias de melhor ator coadjuvante (Jack Nicholson) e melhor roteiro original.

BAFTA 1970 (Reino Unido)

Indicado na categoria de melhor ator coadjuvante (Jack Nicholson).

Festival de Cinema de Cannes 1969 (França)

Ganhou o prêmio de melhor filme de diretor estreante (Dennis Hopper).

Indicado à Palma de Ouro.

Globo de Ouro 1970 (EUA)

Indicado na categoria de melhor ator coadjuvante (Jack Nicholson).]

AFI's 100 Years

O filme ocupa o 88º lugar dentre os melhores filmes norte-americanos das últimas décadas, e o 29º dentre as melhores trilhas-sonoras de filmes.


A produção


A gênese para o filme Sem Destino começou com uma fotografia. Peter Fonda conta: "Eu me lembro o dia em que apareci com a ideia para Sem Destino, 27 de setembro de 1967. Estava olhando uma fotografia minha e de Bruce Dern em frente a uma motocicleta. Nós parecíamos grandes, numa imagem 18x24, em contra-luz, de forma que ninguém poderia dizer que éramos nós. E isso me deu um estalo, para fazer este filme".

Fonda chamou seu amigo Dennis Hopper e disse a ele sua ideia de dois jovens experimentando a "liberdade total" enquanto cruzavam o país de motocicleta. Hopper, no cinema desde Juventude Transviada (1955), estava pensando em abandonar a profissão de ator para se tornar professor de teatro. Fonda mudou a cabeça de Hopper, oferecendo-lhe a oportunidade de dirigir o filme.

Para financiar o projeto, Hopper pediu a seu amigo Jack Nicholson para apresentá-lo a Bert Schneider, um dos sócios da BBS Productions, uma companhia independente que lançava seus projetos pela Columbia Pictures. A BBS concordou em colocar 400 mil dólares para fazer Sem Destino.

A produção começou com locações em Nova Orleans, em 23 de fevereiro de 1968. Juntando-se a Hopper e Fonda estavam Karen Black e a futura coreógrafa e cantora Toni Basil. Apesar de Rip Torn ter sido originalmente escolhido para fazer o papel do advogado alcoólatra George Hanson, ele acabou deixando a produção antes do início das filmagens. Jack Nicholson - que a BBS havia enviado a Nova Orleans no cargo de produtor executivo - concordou em fazer o papel. Sua atuação o transformou num astro.


Capitão América



A moto usada pelo personagem Wyatt (Peter Fonda) é uma Harley Davidson denominada de "Capitão América" e ficou exposta por 12 anos no National Motorcycle Museum (Museu Nacional da Motocicleta), em Anamosa, Iowa. Ela foi a única motocicleta original que se salvou, pois, nas filmagens foram utilizadas quatro motos e três foram roubadas antes do lançamento do filme, mesmo a cópia da Capitão América que foi usada nas cenas finais do longa, quando ela é explodida na perseguição e morte de Wyatt. Em 2014, esta motocicleta foi leiloada por mais de US$ 1 milhão.


Cineblog continua semana que vem com  filme nacional. Tem Orfeu.


CINEBLOG ANTERIOR:

O ADVOGADO DO DIABO

Nenhum comentário:

Postar um comentário