quarta-feira, 9 de abril de 2014

O CLUBE DOS 23: AMERICA




Depois de longo e tenebroso inverno retorna ao blog a série “O clube dos 23” para falar de um dos clubes mais simpáticos, queridos e de hino mais bonito do país. O America.

America Football Club é uma agremiação social e esportiva da cidade do Rio de Janeiro, fundada em 18 de setembro de 1904.

O America já disputou mais de 4.000 partidas em sua história, servindo de fonte de inspiração para a criação de muitos outros "Américas", no Brasil e no exterior. 

Entre as suas conquistas mais relevantes, destaca-se a conquista do Torneio dos Campeões em 1982, torneio patrocinado e organizado pela CBF, que contava com a presença dos maiores clubes do Brasil.

No ranking do Campeonato Carioca, o America é o quinto colocado, qualquer que seja o parâmetro utilizado.

Diferente dos outros times com o mesmo nome ao ser pronunciado, o original do RJ, não tem acento. Acentuar o nome "America" é errado, segundo seu estatuto, pois o clube foi fundado usando a grafia do nome em inglês, como era comum nessa época.

As primeiras bolas foram chutadas em um terreno pertencente à Estrada de Ferro Rio D'Ouro, na Rua Pedro Alves, com o America se mudando logo após para a Rua São Francisco Xavier, 78, não sendo este ainda um campo apropriado para partidas oficiais. Inicialmente, o America mandou os seus jogos, na Rua Ferrer (em Bangu) e na Rua Guanabara (Laranjeiras).

A primeira sede foi na Rua Pedro Alves número 83, no bairro da Saúde, no ano de 1904; a segunda, na mesma rua, no número 55, em 1905; a terceira, na Rua Felipe Camarão foi inaugurada em 1906; a quarta, na Rua São Francisco Xavier número 85-B, em 1907; a quinta na Rua do Passeio, 56/2º andar, em 1908. Posteriormente, na residência de Belfort Duarte, à Rua Torres Homem, 279, depois, à Rua Maria José (atual Rua Zamenhoff) número 63

Em 1911, afinal, o America se instalou definitivamente na Rua Campos Sales, número 98 (mais tarde remunerado para 118), no bairro carioca da Tijuca.

A sua sede definitiva veio com a incorporação do Haddock Lobo em 1911. O America se beneficiou da aquisição dos terrenos e integração dos atletas e associados deste clube, assim como aconteceu após a extinção do Riachuelo ainda em 1911, quando o America se reforçou ainda mais, tornando-se um dos grandes clubes do Rio de Janeiro.

O primeiro jogo, como mandante, foi em 12 de outubro de 1911, com um empate de 1 a 1, com o CA Ypiranga de São Paulo - Tendo a partir daí um bom campo para disputar os seus jogos, construiu nele uma estrutura de estádio em 1952, quando foram inauguradas as novas instalações, com capacidade para 25.000 pessoas. Até sair do Estádio da Rua Campos Sales em 1962, o América conquistou os seus 7 títulos de campeão carioca.

Com o dinheiro da venda do médio volante Amaro para a Juventus de Turim em 1961, o America comprou o campo do Andarahy FC por 60 milhões de cruzeiros e o Estádio de Campos Sales foi demolido para se transformar apenas em sede social. O Wolney Braune passaria a ser o estádio do clube rubro até 1993, quando foi vendido para uma empresa que construiu um shopping no local. 

Tinha capacidade para 5.000 pessoas.

O America inaugurou em 23 de janeiro de 2000, na vitória de 3 a 1 sobre a seleção carioca o seu novo estádio, homenageando com o seu nome o seu ex-dirigente, Giulite Coutinho, na localidade de Edson Passos, no município de Mesquita, Baixada Fluminense, mantendo a sua sede social na Rua Campos Sales, no bairro da Tijuca, na cidade do Rio de Janeiro. Tem hoje, capacidade para 13.000 pessoas, podendo ser ampliado, e foi uma das subsedes do futebol, em 2011, dos jogos mundiais militares.

Fotos:

Sede na Tijuca


Estádio Giulite Coutinho


Campeão da taça Guanabara 1974


Belfort Duarte


Duílio 


Edu


Eloi 


Jorge Vieira


Jorginho


Luisinho Lemos


Maurício 

 
Moreno


Paulinho de Almeida


Zagallo


Romário


Vídeos:

Campeão carioca 1960



Campeão da Taça Guanabara 1974



Campeão dos campeões 1982 


America 1 x 1 São Paulo (3° lugar brasileiro 1986)


Campeão carioca juniores 2012


America 4 x3 Flamengo (Taça Guanabara 2004)
 


Bem. Aí está um pouco da história do glorioso América que hoje se encontra na segunda divisão do futebol carioca sonhando e lutando com dias melhores. Deus salve o America.



Semana que vem no “O clube dos 23” que vai dar a bola é o Santos.



O CLUBE DOS 23 (CLUBE ANTERIOR)

PORTUGUESA

Nenhum comentário:

Postar um comentário