sábado, 2 de abril de 2016

SOBE O SOM: GAL & BETHÂNIA


Maria da Graça Costa Penna Burgos, conhecida como Gal Costa (Salvador, 26 de setembro de 1945), é uma cantora brasileira.

Gal Costa é filha de Mariah Costa Pena, sua grande incentivadora, falecida em 1993, e de Arnaldo Burgos. Sua mãe contava que durante a gravidez passava horas concentrada ouvindo música clássica, como num ritual, com a intenção de que esse procedimento influísse na gestação e fizesse que a criança que estava por nascer fosse, de alguma forma, uma pessoa musical.

O pai de Gal, falecido quando ela tinha 14 anos, sempre foi uma figura ausente, vazio plenamente preenchido pelo amor de dona Mariah, além das tias e primos. Por volta de 1955 se torna amiga das irmãs Sandra e Dedé (Andreia) Gadelha, futuras esposas dos compositores Gilberto Gil e Caetano Veloso, respectivamente. Em 1959 ouviu pela primeira vez o cantor João Gilberto cantando Chega de saudade (Tom Jobim/Vinícius de Morais) no rádio; João também exerceu uma influência muito grande na carreira da cantora, que também trabalhou como balconista da principal loja de discos de Salvador da época, a Roni Discos. Em 1963 foi apresentada a Caetano Veloso por Dedé Gadelha, iniciando-se a partir uma grande amizade e profunda admiração mútua que perdura até hoje.

Maria Bethânia Vianna Telles Velloso (Santo Amaro, 18 de junho de 1946), mais conhecida como Maria Bethânia, é uma cantora e compositora brasileira.

Nascida em Santo Amaro, Bahia, ela participou, na juventude, de peças teatrais ao lado de seu irmão, o também cantor e compositor Caetano Veloso e de outros cantores proeminentes da época. Em 1965, mudou-se para o Rio de Janeiro onde começou sua carreira musical substituindo a cantora Nara Leão no espetáculo Opinião. No mesmo ano, assinou contrato com a gravadora RCA e lançou seu homônimo álbum de estreia.

Bethânia foi eleita a 5ª maior voz da música brasileira pela revista Rolling Stone Brasil.

Então vamos lá!!


Sobe o som Gal Costa & Maria Bethânia!!


Baby (Gal Costa)


Brasil (Gal Costa)


Um dia de domingo (Gal Costa) - Com Tim Maia


Festa do interior (Gal Costa)


Balancê (Gal Costa)


Chuva de prata (Gal Costa)


Meu nome é Gal (Gal Costa)


Canta Brasil (Gal Costa)


Vapor barato (Gal Costa)


Força estranha (Gal Costa)


Meu bem, meu mal (Gal Costa)


Folhetim (Gal Costa)


Carcará (Maria Bethânia)


Negue (Maria Bethânia)


Brincar de viver (Maria Bethânia)


Eu não existo sem você (Maria Bethânia)


Fera ferida (Maria Bethânia)


Explode coração (Maria Bethânia)


Grito de alerta (Maria Bethânia)


As canções que vocês fez pra mim (Maria Bethânia)


Teresinha (Maria Bethânia)


Eu preciso de você (Maria Bethânia)


Olhos nos olhos (Maria Bethânia)


Maria Bethânia: A menina dos olhos de Oya (Mangueira 2016 em homenagem a Maria Bethânia / campeã)


Bem. Aí está um pouco da história dessas duas grandes cantoras da história da MPB. Semana que vem tem orquestra. Tem Glenn Miller e John Williams.


Enquanto isso vamos pedir pra canção buscar quem mora longe.


SOBE O SOM ANTERIOR:

BARRY WHITE

Nenhum comentário:

Postar um comentário