sexta-feira, 8 de abril de 2016

A POLÊMICA PELA PORTA DOS FUNDOS


Semana retrasada falei aqui sobre "O limite no teatro" debatendo sobre o "caco" posto pelo ator Claudio Botelho contra a presidente (Ainda é?) Dilma Rousseff que deu em uma grande confusão.

A polêmica agora não veio do teatro e sim da "Porta dos fundos".

Não preciso nem explicar o que é o grupo "Porta dos fundos", todo mundo que algum dia teve acesso a internet na vida sabe. O grupo, muito popular, se consagrou através do humor e das polêmicas que muitas vezes vieram de forma subliminar ou escancarada. As religiões e a polícia estão entre seus temas preferidos e mesmo com algumas pessoas torcendo o nariz ou reclamando do estilo o grupo sempre se saiu bem e com apoio da maioria.

Até que fez um vídeo chamado "Delação" onde conta a história de uma delação na Polícia Federal onde vários crimes do PSDB são mostrados e o policial ignora porque ele quer pegar a dupla dinâmica Lula / Dilma.

Deu uma merda do cacete. Muitas críticas, reclamações, talvez seja o primeiro vídeo do grupo com mais "deslikes" que "likes" e resultou até em pronunciamento de um dos seus membros, o "Kibeloco" Antonio Tabet, defendendo a liberdade de expressão contra a censura.

Eu poderia usar nesse caso a citação que usei para o Claudio Botelho de "O falar certo no local errado", mas tem uma diferença fundamental. O Claudio botou o caco anti-PT numa peça que fala das músicas do Chico Buarque, que apoia o partido, claro que daria problema. O "Porta os fundos" é conhecido por sua ironia e por não poupar ninguém nas críticas então ninguém pode dizer que foi surpreendido.

Aí vai para uma outra questão, a velha polêmica chata de "Qual é o limite do humor".

No meio desse mundo politicamente correto e chato em que vivemos onde tivemos até humorista que virou escória da sociedade apenas por contar piadas como ocorreu com o Rafinha Bastos, lembro da frase do Chico Anysio que é muito utilizada pelos humoristas. "O limite do humor é a graça, se não foi engraçado não é humor".

Eu ri muito com o vídeo da delação, ri demais e ainda escrevi no twitter que eu amava o Porta. Mas depois parei pra pensar, revi e cheguei a conclusão que ri porque apoio tudo o que eles fizeram e pela coragem que tiveram de expor esse pensamento que também é o meu e de uma minoria.

Mas aí que está, o vídeo em si não é engraçado e aí que para mim está o problema. Por isso veio a horda contra.

É claramente uma propaganda petista e do governo. Ainda mais por sabermos que o Gregório Duvivier é um esquerdista ferrenho. Para mim tiveram uma coragem exagerada, se expuseram demais sendo tão claros no ataque a polícia federal, ao lava jato e na defesa do governo. Como eu disse, eles já criticaram tudo e todos, mas nesse momento um vídeo apenas de crítica sem ter um humor a altura dessa crítica acaba atraindo essa maioria de haters ensandecidos que querem ver sangue de todos que ousam não pensar como eles. Um desgaste desnecessário.

O grupo é talentoso demais, reúne os melhores humoristas de sua geração e poderia ter mandado a mensagem que queria de forma mais subliminar, inteligente e engraçada como é a característica dos mesmos. Como fizeram foi só chamar briga. Poderiam fazer como metáfora, botar mais humor de forma que todos rissem e quem quisesse e tivesse inteligência para tal entenderia o recado.

Chico Buarque sempre foi um ferrenho crítico da ditadura e soube fazer poesia, lirismo em cima disso. Todo mundo entendia o que ele queria dizer em canções como "Cálice" ou "Apesar de você", a crítica existia como complemento a arte, não arte completando a crítica. Geraldo Vandré foi mais direto, botou a crítica em primeiro lugar em versos como "Soldados armados / Amados ou não" e sofre as consequências até hoje da tortura que recebeu.

É isso para resumir. Para mim a crítica é complemento da arte e não o contrário. O "Porta" botou a cara para bater e vamos ver quais serão as consequências. Aplaudo a coragem deles, de falarem o que eu e muito mais gente que se imagina pensa, mas nem sempre coragem é o que faz vencer uma luta.

Vejam o vídeo e tirem suas conclusões.

https://www.youtube.com/watch?v=m92wwsCxk7k


ATUALIZANDO - Na segunda-feira 11/04 o "Porta dos Fundos" fez um segundo vídeo, dessa vez ironizando os que protestaram contra o primeiro e esse eu posso dizer que é genial e alcançou tudo o que eu disse acima. É a crítica travestida de ironia a serviço do humor. Nesse segundo vídeo eles mostram porque são referência no humor brasileiro e dão "tapa na cara" daqueles que querem impor seus pensamentos, voltar com a censura no país.

O segundo vídeo

 https://www.youtube.com/watch?v=bE8RWk0YY3I

Nenhum comentário:

Postar um comentário