segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

TROCANDO EM VERSOS: ORUN AYE


*Pra encerrar a "Trocando em versos" em 2014 nada melhor que a coisa mais importante que escrevi até hoje contando letras, peças, livros e crônicas.

Orun Aye. Samba do Boi da Ilha de 2001 escrito em parceria com Paulo Travassos, Clodoaldo Silva, Silvana da Ilha e Roger Linhares. Estandarte de Ouro em 2001 de melhor samba do grupo A. Considerado um dos melhores sambas de enredo do século XXI.



Vem do Orun
A ordem do divino criador
Para ser criada a Terra
E viver em paz sem guerra
Olorun abençoou
Oxalá, orixá de confiança
Cai na sede da vingança
Não cumpriu sua missão
Exu que é o bem e a maldade
Usa sua ambiguidade
Faz mudar a direção

Odudua vá falar com Orumilá
Consulte o oráculo de Ifá
Não se esqueça da oferenda
Não tenha vaidade
A nossa força vem da humildade

Vejo, os meus filhos em seu caminhar
Elementos irão se formar
Nasce a vida do ventre de Aye
É Nagô, essa beleza é você Nagô
Que mostra um mundo de esplendor
Em uma linda história de amor

Hoje peço paz, saúde,  felicidade
Brindaremos ao futuro nesse dia
Faça sua festa com o Boi da Ilha


ARQUIVO:

JESUS DE NAZARÉ

Nenhum comentário:

Postar um comentário