sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

TROCANDO EM VERSOS: CÍRIO DE NAZARÉ (CONCORRENTE)


Semana que vem uma data muito importante para mim completa 20 anos. No dia 5 de dezembro completam-se 20 anos que disputei a minha primeira final de samba-enredo e ela foi no Boi da Ilha para o carnaval de 1998.

O enredo chamava-se "Círio de Nazaré" do carnavalesco Guilherme Alexande e foi apenas o segundo samba que compus na vida. O enredo tratava-se da famosa festa do Círio de Nazaré realizada no mês de outubro em Belém do Pará e tratava se toda sua religiosidade e principalmente a parte festiva. Compus junto com meus grandes e eternos parceiros Paulo Travassos, Cadinho e o saudoso e a quem sou eternamente agradecido Dãozinho que foi o primeiro cara a acreditar em mim e ganhar um samba meu.

Perdi aquele samba, mas depois vieram mais 62 finais e 33 vitórias. Aquela noite de 5 de dezembro de 1997 não representava o fim e sim o começo de tudo.

Com vocês o nosso concorrente



G.R.E.S. BOI DA ILHA DO GOVERNADOR
Carnaval 1998
Presidente: Eloy Eharaldt
Carnavalesco: Guilherme Alexandre
Enredo: Círio de Nazaré
Compositores: Aloisio Villar, Paulo Travassos, Cadinho e Dãozinho


Tristeza, por favor, vá embora
Porque já chegou a hora
Eu vou desfilar
Caminhando com a minha fé
Círio de Nazaré 
É a história que vamos contar
Em outubro no Pará
Por terra e mar
Em romaria vou rezar
Pedindo ao céu por caridade
Que ilumine o caminho da humanidade

Com a explosão da minha emoção
Na Berlinda
Vou seguindo a procissão, estou com muita fé
E amor no coração

Oh que legal tem arraial
Rodas gigantes e balões
A culinária não pode faltar
Tem muçuá, pato no tucupi
Tem açaí e biribá (biribá)
As girândulas vem abrilhantar
O Recírio de tristeza e devoção
A nossa escola é ginga pura nessa oração

Toda avenida eu vou desfilar
Sou Boi da Ilha nessa festa popular


TROCANDO EM VERSOS ANTERIOR:

PENSAMENTOS  

Nenhum comentário:

Postar um comentário