quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

TROCANDO EM VERSOS: TIMIDEZ



Não sei falar de amor
Não sei falar da vida
Sou um pobre coitado, abobalhado
Que não vê uma saída

Não sei falar de dor
Mas tenho minhas feridas
Que se abrem, me expõe a sua vista
A cada despedida

Sou poeta e não sei rimar
Apaixonado que não sabe amar
Sou um ser frágil
Choro e sofro calado
Por não saber me expressar

Não sei falar de amor
Como vou abrir pra ti meu coração
Como vou falar dessa minha paixão
Não vou saber viver com a rejeição

Não sei falar de amor
Preciso acabar com essa história de vez
Olhe bem moça o que você me fez
Me fez virar refém da minha 
Timidez

Tento te falar, mas não consigo
Me vê como ombro amigo pra desabafar
E eu que me julgava tão esperto
Não sei me expressar

Não sei falar de amor
Como vou abrir pra ti meu coração
Como vou falar dessa minha paixão
Não vou saber viver com a rejeição

Não sei falar de amor
Preciso acabar com essa história de vez
Olhe bem moça o que você me fez
Me fez virar refém da minha 
Timidez


TROCANDO EM VERSOS ANTERIOR:

DOIS ANOS

3 comentários: