terça-feira, 16 de agosto de 2016

TROCANDO EM VERSOS: OPERÁRIO DOS SONHOS



Sua emoção
É a razão do meu cantar
Com uma caneta e um papel
Uma olhada pro céu
Me ponho a pensar

Escrevo sobre heróis e artistas
Histórias e conquistas
O amor em seu esplendor

Sou um operários dos sonhos
Faço do sonho um poema
E do poema uma canção

Folha rasurada de rabiscos
Entre garranchos e riscos
Surge a inspiração

Hoje entro nessa avenida
No compasso da minha criação
Cantando feliz da vida
Nas batidas do seu coração

Hoje entro nessa avenida
No compasso da minha criação
Cantando feliz da vida
Nas batidas do meu coração

TROCANDO EM VERSOS ANTERIOR:

CRIATURAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário