quarta-feira, 13 de agosto de 2014

CINEBLOG: RIO BABILÔNIA




Hoje o “Cineblog” fala de um filme polêmico. Um filme “muito doido” que retrata bem o que era o começo do anos 80. Rio Babilônia.

Contando com alguns astros das telonas do tempo Rio Babilônia foi ousado pela forma que tratou a violência e o erotismo quase pornográfico algumas vezes como na famosa “cena da piscina” que dizem ter sido real.

Vi pela primeira vez criança, quase adolescente e claro, com os hormônios em ebulição me viciei no filme e sua cenas ousadas. A trilha sonora também é muito interessante com destaque para música tema.

Cineblog orgulhosamente apresenta:

RIO BABILÔNIA


Rio Babilônia é um filme brasileiro de 1982, dos gêneros policial, drama e erótico, dirigido por Neville de Almeida.

A história se passa nos últimos sete dias do ano, no Rio de Janeiro, cuja beleza e grandiosidade são mostradas em vistas aéreas, contrastando com a imagem de crianças da favela que descem o morro para roubar as sobras dos cidadãos privilegiados. 

Marciano é um típico carioca, que sobrevive de trabalhos eventuais. No Rio de Janeiro das praias e favelas, das atrações turísticas e da miséria, Marciano é acordado em seu apartamento pelo telefonema de uma agência de relações públicas, que o convida para recepcionar Dr. Liberato, industrial afastado do Brasil há vinte anos, que, na verdade, é um traficante internacional de ouro. 

Vera Moreira é uma jornalista corajosa que tem informações suficientes para levar Liberato à cadeia, e por isso, corre perigo. Ela o importuna com perguntas a respeito do contrabando de ouro no norte do país. Este resolve que ela deve ser eliminada o mais breve possível. Vera e Marciano se conhecem e ela o faz cúmplice em seu projeto de denunciar Liberato. 

Marciano procura Madame Solange, cafetina do 'high society', transmite-lhe confiança e acabam se amando. Em seguida, ele procura Linda Lamar, uma estrela internacional que chega ao Rio para lançar um produto de sua grife e disposta a provar de tudo que esse "país exótico " possa lhe oferecer.

Com o contrato cancelado, Linda pede a Marciano que lhe compre mil dólares de cocaína. Este vai ao morro e procura o traficante Sabará, mas são interrompidos por uma batida policial e assaltados. Solange morre em um desastre em um avião monomotor.  Linda se apaixona por Bira, passista de uma escola de samba. 

Liberato passa o réveillon na festa de Cláudia e Eduardo onde todas as extravagâncias são permitidas. Bebidas, drogas e erotismo se misturam a um assalto. Liberato, presente, termina a noite nos braços de um travesti, ao som dos versos de Pablo Neruda. Marciano amanhece na praia

Elenco



Joel Barcellos .... Marciano
Christiane Torloni .... Vera Moreira
Jardel Filho .... Liberato (Mr.Gold)
Denise Dumont .... Cláudia
Paulo Villaça .... Dante
Pedro Aguinaga .... Eduardo
Tânia Boscoli .... Regina
Antônio Pitanga .... Bira
Sérgio Mamberti
Nildo Parente
Maurício do Valle
Renato Pedrosa
Maria Gladys
Wilson Grey
Pat Cleveland .... Linda Lamar

Ator(es) Convidado(s)

Paulo César Pereio


Participação especial

Evandro Mesquita
Zenaide Pereira .... Dança das cobras
Tamur Aimara
Monique
Markito
Norma Bengell .... Madame Solange



Semana que vem “Cineblog” continua no cinema nacional e fala de “Bonitinha, mas ordinária”.


ARQUIVO:

Nenhum comentário:

Postar um comentário