sexta-feira, 10 de outubro de 2014

TROCANDO EM VERSOS: SONETO DA ESPERANÇA


Hoje inicio uma nova sessão no blog:

Percebi que mostrava várias de minhas facetas aqui. O amante de música com o "Sobe o som", de cinema com "Cineblog", literatura com os contos de "O buraco da fechadura" e capítulos de "Enredo do meu samba" e já fiz sobre samba com "Cinco carnavais" e futebol "O clube dos 23".

Faltava justamente me dedicar ao que as pessoas me conhecem mais. Os versos.

Por isso criei o "Trocando em versos" onde colocarei sempre poesias, sonetos e letras de música que fiz.

Espero que gostem  




SONETO DA ESPERANÇA


Ama de forma estranha
Corrói a minha mente
Possui-me e se sente
Dona de minha vida tacanha

Morde minha boca
Beija minha face
E sem nenhum disfarce
Mostra quanto é louca

Me usa, me apavora
E depois vai embora
Sem nem dizer porque

Só me resta a lembrança
E uma doce esperança
Ser de novo usado por você

2 comentários: