segunda-feira, 27 de outubro de 2014

TROCANDO EM VERSOS: JEITO DE MENINO


A letra dessa música foi feita há alguns anos em homenagem ao poeta maior da Mocidade Independente de Padre Miguel, o compositor Toco. Aproveitando que seu filho, meu grande amigo Roger Linhares, venceu recentemente o concurso de samba-enredo na União da Ilha do Governador e o fato de ter criado esse espaço no blog posto hoje aqui.


JEITO DE MENINO

Jeito de menino
Olhos no espelho
Corpo tão vivido
Marcas do passado
Soma de um legado
Alguém a quem o tempo
Se rendeu

O rosto expressa seus anos de lutas
Troféus em forma de rugas
Agradece a Deus tudo que viveu

No samba é baluarte, é bacana
Foi na “mocidade” moleque sacana
Seguia os bambas querendo aprender

Intérprete da alma, mestre sala do saber
Velho poeta fez rimas com a vida
Em seu escrever
Hoje faço essas rimas
Pensando em você

Aplausos da massa pro grande menestrel
O branco de seus cabelos reflete o azul do céu
Toma forma de encanto sublime inspiração
Faz nascer na apoteose uma consagração 

ARQUIVO:

Nenhum comentário:

Postar um comentário