sexta-feira, 10 de novembro de 2017

SOBE O SOM: ERA DO RÁDIO


Era do Rádio (Old-time radio ou Golden Age of Radio, em língua inglesa) é o período que, nos Estados Unidos e outros países, compreendeu os anos de sucesso das emissoras de rádio. Nos EUA foram as décadas de 20 e 30, enquanto no Brasil o auge desse meio de comunicação ocorreu nos anos 40 a 50 do século XX. Até a chegada da televisão o rádio era o veículo de comunicação de massas com maior alcance e imediatismo.

A primeira transmissão de rádio realizada no Brasil ocorreu no dia 7 de setembro de 1922, durante a inauguração da Exposição do Centenário da Independência na Esplanada do Castelo. O público ouviu o pronunciamento do Presidente da República, Epitácio Pessoa, a ópera O Guarani, de Carlos Gomes, transmitida diretamente do Teatro Municipal. Desde 1922 as experiências com rádio-clubes vinham sendo realizadas; entretanto, foi somente em 1923 que Edgar Roquette-Pinto inaugurou a primeira emissora de rádio, a Rádio Sociedade. No ano seguinte, foi inaugurada a Rádio Clube do Brasil. Em 1926, foi inaugurada a Rádio Mayrink Veiga, seguida da Rádio Educadora, além de outras da Bahia, Pará e Pernambuco.

Quando a Rádio Nacional foi fundada, no ano de 1936, o mundo inteiro ainda mal refeito da primeira Grande Guerra esperava pela eclosão de um novo conflito. No Brasil, Getúlio Vargas governava com aparência de alguma legalidade. Foi neste cenário, que a Rádio Nacional foi concebida. A Rádio Nacional marcou a radiofonia no Brasil. Em seus quadros, brilhavam os talentos de Iberê Gomes Grosso, Luciano Perrone, Almirante, Radamés Gnattali e Dorival Caymmi. Em 1940, a Rádio Nacional foi encampada pelo governo de Getúlio Vargas, a programação ganhou novo formato, sob a direção de Gilberto de Andrade.

Então vamos lá!!


Sobe o som Era do Rádio!!


Tango para Teresa - Ângela Maria


Verdes campos da minha terra - Agnaldo Timóteo


A volta do boemio - Nelson Gonçalves


Aquarela do Brasil - Francisco Alves


Chão de estrelas -Silvio Caldas


Cachito - Emilinha Borba


Lata D`agua - Marlene


Tu me acostumaste - Dalva de Oliveira


Bastidores - Cauby Peixoto


O ébrio - Vicente Celestino


A noite do meu bem - Dolores Duran


Chica chica, boom, chic - Carmen Miranda


Carinhoso - Orlando Silva


Atire a primeira pedra - Ataulfo Alves


Eu sonhei que tu estavas tão linda - Carlos Galhardo


Bem. aí está um pouco da obra desses grandes artistas que estão na história da nossa música. Semana que vem tem mais, tem Mariah Carey.


Enquanto isso um hino


Essa postagem de hoje é uma homenagem a minha avó Lieida que me fez gostar desses artistas



SOBE O SOM ANTERIOR:

CARLY SIMON & JAMES TAYLOR 

Nenhum comentário:

Postar um comentário