quarta-feira, 4 de novembro de 2015

TROCANDO EM VERSOS: EM TUAS MÃOS



Minha boca combina com teu sexo
Não há muito nexo pra tanto auê
Quero ficar do teu lado
Você é o melhor erro que eu pude fazer

Meu sexo precisa do teu beijo
No teu travesseiro ainda tem meu sabor
Minha marca grudada em teu seio
Lembrança que guarda um momento de amor

Vem depressa
Antes que eu vá me curar 
Antes que o Sol vá raiar
Preciso de você agora

Vem depressa
Antes que eu odeie você
Antes que eu queira morrer
Minha vida em tuas mãos

Meu poema precisa do teu verso
Sou controverso, sou ódio e amor
Retalho guardados em meu peito
Dilacerado em afeto e rancor

Minha morte combina com tua lágrima
Doce ela molha o momento final
Assim é o fim da nossa história
Inerte em meu corpo jaz afinal

Vem depressa
Antes que eu vá me curar 
Antes que o Sol vá raiar
Preciso de você agora

Vem depressa
Antes que eu odeie você
Antes que eu queira morrer
Minha vida em tuas mãos



TROCANDO EM VERSOS ANTERIOR:


Nenhum comentário:

Postar um comentário